GERAL

Autoridades e sociedade civil debatem segurança pública em Alpinópolis

Publicados

em

A Câmara Municipal de Alpinópolis presidiu na noite dessa sexta-feira (10/09) a primeira audiência pública de 2021. Na ocasião foi proposta a discussão sobre o projeto de lei 026/2021 de autoria do prefeito municipal, Rafael Freire (PSB) que propões a mudança de horários no atendimento dos terminais de caixas eletrônicos no munícipio.

Participaram da solenidade membros da sociedade civil, comerciantes, vereadores e funcionários de instituições financeiras. A mesa foi composta pela representante do Consep, Silvana Pimenta, pelo  Presidente do Sicoob Credialp, Ricardo de Legório Vilela, pelo delegado da Polícia Civil, Hélio Mattos Junior, pelo comandante da pelotão da polícia militar de Alpinópolis, 2º tenente Gustavo Santos e e pela mesa diretora da casa, composta pelas vereadoras Maisa Marques e Joice Santos (PSD). A audiência foi presidida pelo vereador, Alex Cavalcante (PSDB) e teve pouco mais de 2 horas de duração.

Para o representante da PM “a Audiência Pública foi muito pertinente, pois promover a segurança pública demanda conjugação de esforços entre o poder público e a comunidade, sobretudo quando há conflito de interesses legítimos dos setores sociais.” Ainda de acordo com o tenente “a Polícia Militar e a Polícia Civil tiveram uma rica oportunidade de esclarecer à população como é a forma de prevenção e combate aos crimes violentos, desfazer alguns mitos que envolvem a atividade policial e principalmente apresentar sugestões de medidas que podem ser efetivas para a preservação da ordem pública”.

Leia Também:  O que ninguém te conta você descobre aqui no Gmais.tv com a nossa colunista Bianca Melo!

O empresário e representante dos comerciantes na audiência, Fabrício Reis, externou a sua opinião sobre o tema.

“Se a nossa cidade tivesse um bom atendimento nos bancos o comércio aceitaria a permanência do horário. Mas, com o horário reduzido para as 14 horas e ainda com limite nos caixas eletrônicos fica complicada a nossa situação. Sou a favor dessa ampliação de horário desde que o dinheiro dos caixas seja retirado no final do expediente”. Fabrício ainda falou sobre a situação das filas nas agências.” Em tempos de pandemia e com as imensas filas é importante que o banco de suporte satisfatório aos seus clientes. O comércio não pode pagar por tudo.” finalizou.

Estiveram presentes os vereadores, André Leonel (PSB), Denílson Lima (PP), Ditinho Nicézio (PSL) Quinca do Tião Roberto (PTB). Os vereadores Tião Neto (PDT) e Creuza da Geclepaufer (PSB), além do prefeito Rafael Freire (PSB) tiveram suas ausências justificadas por meio de ofício. Além das presenças já registradas o evento contou com a presença dos vereadores Darci Cardoso e Lucas Silva , respectivamente de São José da Barra e Capitólio e também com o advogado especialista em segurança pública, Marcus vinicius, de Itapecerica e do Advogado Luciano, de Divinópolis.

A Audiência pública está disponível no link abaixo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

PL do vereador Alex Cavalcante (PSDB) é aprovado por unanimidade e torna atividade física essencial em Alpinópolis

Publicados

em

ALPINÓPOLIS/Prefeito afirma que vai sancionar sem veto lei de autoria do presidente da câmara, Alex Cavalcante (PSDB)

A Câmara Municipal de Alpinópolis aprovou na noite de ontem (02/08) o PL 011/2021 de autoria do vereador Alex Cavalcante (PSDB). O projeto de lei reconhece e instituí a prática da atividade física e do exercício como essenciais a população, podendo ser realizados em espaços públicos, bem como em estabelecimentos prestadores de serviços destinados a essa finalidade.

O presidente da Câmara e defensor do esporte justificou a autoria da lei.

“O projeto foi submetido a votação do plenário visando garantir a essencialidade da atividade física e do exercício físico especificamente, garantido o funcionamento dos estabelecimentos prestadores de serviços destinados a essa finalidade. É uma forma de alinhar a saúde e a economia.” Argumentou Alex que concluiu.

“Entendo que a atividade física é fundamental para manter o corpo e a mente em equilíbrio e saudáveis é uma ferramenta que auxilia no controle da ansiedade e depressão, doenças cada vez mais comuns nessa pandemia.”

O projeto teve votos favoráveis dos nove vereadores da casa e foi encaminhado para o poder executivo, que sinalizou a sanção da lei.

Leia Também:  FURTO CONSUMADO DE VEÍCULO EM ITAÚ DE MINAS

“Cumprimento o presidente da Câmara pela iniciativa do projeto de lei e, de antemão, já asseguro que irei sancioná-lo sem nenhum veto. É fundamental encararmos a atividade física como medida necessária para melhorarmos a qualidade de vida do nosso povo”. Declarou o prefeito municipal, Rafael Freire (PSB).

Na justificativa o projeto alerta que devem ser respeitadas as recomendações sanitárias, higiene e convívio social recomendados pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

O projeto foi aprovado com emendas do relator Ditinho Nicézio (PR) e dos vereadores André Leonel (PSB) e Denílson Lima (PP).

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA