Minas Gerais

Unimontes abre pré-matrícula para 450 vagas em cursos técnicos gratuitos

Publicados

em


A partir desta terça-feira (21/9), a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) está com inscrições abertas para pré-matrículas em sete cursos técnicos gratuitos, oferecidos por meio do programa Novos Caminhos, do governo federal. São 450 vagas para turmas em dez municípios do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha. O prazo vai até 27/9 e as atividades são coordenadas pela Escola Técnica de Saúde, vinculada ao Centro de Educação Profissional e Tecnológica (CEPT/Unimontes).
 
Conforme as diretrizes do programa Novos Caminhos, cada aluno terá ajuda de custo de até R$ 250 mensais, como auxílio para transporte e alimentação. A pré-matrícula é gratuita e pode ser feita pelo endereço eletrônico www.cept.unimontes.br. O candidato deve também encaminhar toda a documentação para o e-mail [email protected]
 
Serão 30 alunos por turmas. As vagas são para os cursos técnicos de Administração (Capelinha, Grão Mogol, Guaraciama e Joaíma), Apicultura (Bocaiuva), Comércio (Almenara, Manga e São Francisco), Desenvolvimento de Sistemas (Bocaiuva, Montes Claros e Salinas), Rede de Computadores (Montes Claros), Saúde Bucal (Montes Claros), Sistemas de Energia Renovável (Montes Claros) e Vendas (Montes Claros).
 
As aulas serão ministradas no período noturno, com exceção do curso técnico de Desenvolvimento de Sistemas para a cidade de Montes Claros (manhã) e os cursos técnicos de Comércio (Manga) e Sistemas de Energia Renovável e Vendas (Montes Claros), com atividades à tarde.
 
Critérios
 
Podem concorrer às vagas somente alunos matriculados no 2º ou 3º ano do ensino médio. A classificação dos candidatos se dará primeiro a alunos matriculados na rede pública de ensino, que também sejam portadores de alguma deficiência e inscritos em programas federais de transferência de renda, como, por exemplo, o Bolsa Família, e que tenham feito a inscrição eletrônica primeiro.
 
Em seguida, serão classificados os candidatos matriculados na rede de ensino pública, portadores de deficiência e que tenham feito inscrição primeiro.
 
A terceira ordem de classificação se dará aos candidatos matriculados na rede pública de ensino, titular ou dependente dos programas federais de transferência de renda e que tenham feito a inscrição primeiro. Se ainda restarem vagas, poderão ser classificados, dentro do limite de vagas, candidatos matriculados na rede de ensino pública, que tenham feito inscrição primeiro.
 
Após a prioridade dos alunos da rede de ensino pública, serão classificados os candidatos matriculados na rede de ensino privada, tendo prioridade, os portadores de deficiência ou inscritos em programas federais de transferência de renda, que tenham feito inscrição primeiro, e, caso ainda restem vagas, os candidatos apenas matriculados na rede de ensino privada poderão ser contemplados com vagas. É importante destacar que na maioria das situações, os candidatos inscritos primeiro terão mais chances de classificação dentro do limite de vagas.
 
O diretor do CEPT, professor Márcio Antônio Veloso, ressalta que os cursos foram pensados de forma estratégica para atender às necessidades de cada município. “São cursos de alta empregabilidade e podem contribuir muito para a melhoria de vida dos alunos contemplados”. Ela lembra que o Programa Novos Caminhos é uma iniciativa do Ministério da Educação e pretende expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio e de cursos e programas de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional.
 
Serviço

Leia Também:  Escolas estaduais abrem vagas para cursos de educação profissional

Unimontes – Inscrições abertas para Processo Seletivo Simplificado (Programa Novos Caminhos)

Edital 06/2021 – cursos técnicos

Pré-matrícula: 21 a 27/9

Inscrições gratuitas / Não há mensalidades

Outras informações: (38) 3215-4338

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Mais de 50 postos de combustível são fiscalizados pela Polícia Civil na capital

Publicados

em


PCMG / Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), atenta ao contexto de aumento do preço de combustíveis veiculares em decorrência da greve de caminhoneiros, recém-finalizada nessa sexta-feira (22/10), realizou operação em Belo Horizonte e Região Metropolitana para fiscalização de postos fornecedores. Foram 50 postos visitados pelos policiais civis.

A ação policial foi organizada a partir de denúncias de consumidores reunidas desde 21/10 pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), com relatos de preços abusivos cobrados por postos da capital e outras irregularidades, como ações de reserva e estocagem ilegal.

“A partir dos levantamentos, organizamos um roteiro para fiscalizações com quatro equipes do departamento, totalizando 50 policiais civis empenhados em ações operacionais e de inteligência”, explica o chefe do Departamento Estadual de Investigação de Fraudes, delegado Júlio Wilke.

Dois dos estabelecimentos fiscalizados em BH, localizados nas regiões Centro-Sul e Barreiro, apresentaram indícios de preços abusivos e serão investigados pela Decon. Um dos postos, inclusive, voltou o preço indicado no painel obrigatório com a chegada da polícia, com redução significativa de 30 centavos no litro do etanol e de 20 centavos no de gasolina.

Leia Também:  Laboratório de Inovação do Governo de Minas completa um ano 

A titular da Decon, delegada Danúbia Quadros, informa que a PCMG continua atenta a novas denúncias que possam surgir nos próximos dias.

“Os responsáveis pelos postos que estamos investigando, se constatadas irregularidades, podem responder por crimes contra as relações de consumo, previstos na Lei 8137/90”, conclui.

As denúncias podem ser encaminhadas à polícia por meio do Disque Denúncia Unificado 181 ou 197. O sigilo é garantido.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA