Minas Gerais

Seminários virtuais incentivam participação de empreendedores em licitações do Estado

Publicados

em


O Governo de Minas Gerais inicia, nesta terça-feira (27/7), às 18h, o webinário “Central de Compras Governamentais de MG – Como participar das licitações do Estado?”. O objetivo é fomentar a participação de empreendedores nos processos de licitações do Estado. O evento segue, neste mesmo horário, nos dias 28/7, 3/8 e 4/8. As inscrições estão abertas ao público e podem ser feitas gratuitamente neste link

A ação, promovida pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas), irá reunir especialistas para tratar sobre a temática de licitações: como funciona o processo, casos de sucesso, participação em pregão eletrônico, realização de cadastros, entre outros tópicos.

O seminário virtual integra as ações previstas no Acordo de Cooperação Técnica assinado entre Seplag, Sebrae e Sede, em abril, para ampliar a participação dos pequenos negócios nos processos de compras públicas estaduais, apoiando e fortalecendo as micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais.

“É do interesse do Estado de Minas Gerais aperfeiçoar, cada vez mais, o processo de licitação e compras públicas, beneficiando todos os envolvidos. O webinário é uma oportunidade para as empresas e entidades que buscam competitividade se capacitarem no assunto e de estarmos mais próximos dos nossos fornecedores”, destaca a secretária de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto.

Leia Também:  Governo lança concurso estadual de queijo artesanal

Painel de Contratações

No evento também será lançado o Painel de Contratações do Estado com Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), outra iniciativa prevista no acordo de cooperação. Por meio da ferramenta, será feito o monitoramento do volume de recursos direcionados para contratações de empresas enquadradas na Lei Complementar (LC) 123 – o estatuto jurídico de microempresas e empresas de pequeno porte.

O painel irá viabilizar alternativas para ampliar a participação destes empresários nos processos e será gerido pela Seplag em conjunto com o Sebrae Minas.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, reforça a relevância da capacitação e do novo Painel.

“O atual momento político, econômico e social do país eleva ainda mais a importância de se aprimorar a atividade de compras públicas. O acordo de cooperação celebrado entre o Governo de Minas e o Sebrae promove ainda mais o uso adequado do poder de compra do Estado, ajudando a desenvolver economicamente regiões e setores, uma vez que capacitará as empresas e gestores públicos e privados, além de gerar espirais positivas que fortalecem a formalização do trabalho e das empresas”, considera.  

Leia Também:  Xamã lança novo single "Escorpião" com participação especial de Agnes Nunes

A iniciativa reforça as ações voltadas ao desenvolvimento econômico do Estado e ao compartilhamento e disseminação de informações. “O sucesso dos nossos procedimentos contribui com o desenvolvimento econômico do Estado e, principalmente, deixa o Governo de Minas mais próximo de seus fornecedores”, afirma o subsecretário do Centro de Serviços Compartilhados, Rodrigo Matias.

O diretor técnico do Sebrae Minas, João Cruz Reis Filho, assinala, nesse sentido, que os pequenos negócios são a base da economia mineira e podem contribuir ainda mais com o desenvolvimento local à medida que tiverem melhores oportunidades de participar das compras feitas pelo Estado.

“Este é o objetivo da nossa parceria com o Governo de Minas: descomplicar processos, estimular a participação do segmento nos editais e oferecer ferramentas, como o Painel de Contratações do Estado, que vai proporcionar melhor avaliação do mercado e a construção de estratégias estaduais para aumentar as contratações dos pequenos negócios mineiros”, ressalta.
 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Minas distribui mais de 633 mil doses de vacinas contra a covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) iniciou, neste sábado (25/9), o repasse de 633.030 doses de imunizantes contra a covid-19 às Unidades Regionais de Saúde (URSs). São 544.050 doses da Pfizer e 88.980 da AstraZeneca. Esta remessa faz parte do 53º lote de vacinas contra a covid-19.
 

A tabela com as doses que serão distribuídas por municípios será divulgada em breve pela SES-MG.

As doses do imunizante da Pfizer são destinadas para o reforço da vacinação de pessoas imunossuprimidas, que tenham 28 dias de aplicação da segunda dose, e idosos de 79 a 75 anos de idade, que tenham 6 meses da aplicação da D2.

As doses serão destinadas, ainda, para completar o esquema de vacinação (D2) de pessoas de 50 a 54 anos de idade, de trabalhadores industriais e de caminhoneiros. Além disso, a Pfizer também será utilizada para iniciar a vacinação (D1) de adolescentes de acordo com os critérios de prioridade.

A vacina da AstraZeneca deverá ser aplicada como D2 nos grupos de trabalhadores da indústria, trabalhadores da saúde, trabalhadores de transporte coletivo, caminhoneiros, pessoas de 55 a 59 anos e pessoas de 50 a 54 anos.

Leia Também:  App da Cemig expande serviços de alertas para a população

Até essa sexta-feira (24/9), o Governo de Minas repassou aos municípios 24.945.029 doses de imunizantes contra a covid-19. O percentual de cobertura vacinal com a primeira dose já ultrapassou 88,8% da população acima de 18 anos e a segunda dose já alcança 48%.

Tendo em vista o objetivo principal da vacinação, de reduzir casos graves e óbitos pela doença, é fundamental alcançar altas e homogêneas coberturas vacinais. Para tanto, a SES-MG mantém todos os esforços para agilizar a distribuição das doses às Regionais de Saúde e garantir que a vacina seja aplicada em todo o público-alvo.

Logística

Receberá vacinas por aeronaves do CBMMG a seguinte URS:

-SRS Governador Valadares

Retirarão as vacinas na Rede de Frio da URS polo, ou receberão em sua própria Rede de Frio por meio do transporte de outra URS, as seguintes URSs:

–      GRS Ituiutaba (pegar com SRS Uberlândia)
–      GRS Januária (pegar com SRS Montes Claros)
–      SRS Juiz de Fora (pegar com GRS Leopoldina)
–      SRS Manhuaçu (pegar com SRS Ponte Nova)
–      SRS Passos (pegar com SRS Alfenas)
–      SRS Pouso Alegre ( pegar com SRS Varginha)
–      SRS Teófilo Otoni (pegar com GRS Pedra Azul)
–      GRS Ubá (pegar com GRS Leopoldina)
–      SRS Uberaba (pegar com SRS Uberlândia)
 

Leia Também:  PIB AGRO SP/CEPEA: Agronegócio paulista cresce 8,3% em 2020 e representa 14% do PIB do estado

Retirarão as vacinas na Central Estadual de Rede de Frio, as seguintes URSs:

– SRS Belo Horizonte
– SRS Montes Claros
– GRS Itabira
– GRS São João del-Rei
– SRS Alfenas
– SRS Barbacena
– SRS Diamantina
– GRS Leopoldina
– SRS Patos de Minas
– GRS Pirapora
– SRS Ponte Nova
– SRS Varginha
– SRS Cel. Fabriciano
– SRS Divinópolis
– GRS Pedra Azul
– SRS Uberlândia
– GRS Unaí

Quantitativo

Acesse vacinaminas.mg.gov.br/ e acompanhe o quantitativo de doses recebidas pelo estado a cada remessa e as principais informações sobre a vacinação contra a covid-19 em Minas Gerais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA