Minas Gerais

Nota – Reunião entre Poderes

Publicados

em


O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, se reuniu nesta segunda-feira (13/9) com todos os demais chefes dos Poderes do Estado para discutir a situação do pagamento da dívida com a União. Participaram do encontro o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Agostinho Patrus, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Lemes,  o defensor público-geral de Minas Gerais, Gério Patrocínio, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Mauri Torres, além do secretário de Estado de Governo, Igor Eto, e do advogado-geral do Estado, Sérgio Pessoa.

No encontro, o governador informou aos presentes sobre a intimação que o Estado recebeu do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso acerca da situação da adesão do Governo de Minas ao novo Regime de Recuperação Fiscal (RRF), e também da cobrança feita por ele sobre a necessidade de ações concretas do Estado na direção da adesão ao Regime. 

O Estado conseguiu uma série de liminares judiciais no STF para suspender o pagamento da dívida com a União, enquanto não efetiva a adesão ao novo regime. Porém, como ainda não houve a adesão ao RRF, o ministro alertou que poderá ficar insustentável manter a liminar que desobriga o Estado do pagamento da dívida. Caso haja a queda da liminar, o Governo de Minas terá de arcar com o pagamento de R$ 26 bilhões em único desembolso, o que poderá prejudicar serviços essenciais, além de retomada de parcelas que superam o valor de R$8 bilhões ao ano. 

Leia Também:  Minas Gerais e São Paulo deflagram operação Divisas Integradas I

Diante dessa situação, ficou acordado que os técnicos do Estado trabalharão no levantamento de informações e dados conjuntamente com os técnicos dos demais poderes para buscar uma solução que mantenha a suspensão do pagamento da dívida. Em paralelo, os técnicos do Governo de Minas também atuarão para ajustar a proposta de adesão de Minas Gerais ao Regime de Recuperação Fiscal, que será devidamente discutida com os demais poderes.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Minas distribui mais de 633 mil doses de vacinas contra a covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) iniciou, neste sábado (25/9), o repasse de 633.030 doses de imunizantes contra a covid-19 às Unidades Regionais de Saúde (URSs). São 544.050 doses da Pfizer e 88.980 da AstraZeneca. Esta remessa faz parte do 53º lote de vacinas contra a covid-19.
 

A tabela com as doses que serão distribuídas por municípios será divulgada em breve pela SES-MG.

As doses do imunizante da Pfizer são destinadas para o reforço da vacinação de pessoas imunossuprimidas, que tenham 28 dias de aplicação da segunda dose, e idosos de 79 a 75 anos de idade, que tenham 6 meses da aplicação da D2.

As doses serão destinadas, ainda, para completar o esquema de vacinação (D2) de pessoas de 50 a 54 anos de idade, de trabalhadores industriais e de caminhoneiros. Além disso, a Pfizer também será utilizada para iniciar a vacinação (D1) de adolescentes de acordo com os critérios de prioridade.

A vacina da AstraZeneca deverá ser aplicada como D2 nos grupos de trabalhadores da indústria, trabalhadores da saúde, trabalhadores de transporte coletivo, caminhoneiros, pessoas de 55 a 59 anos e pessoas de 50 a 54 anos.

Leia Também:  Governador anuncia acordo com o governo federal para expansão do Metrô de BH e concessão das BR-381 e BR-262

Até essa sexta-feira (24/9), o Governo de Minas repassou aos municípios 24.945.029 doses de imunizantes contra a covid-19. O percentual de cobertura vacinal com a primeira dose já ultrapassou 88,8% da população acima de 18 anos e a segunda dose já alcança 48%.

Tendo em vista o objetivo principal da vacinação, de reduzir casos graves e óbitos pela doença, é fundamental alcançar altas e homogêneas coberturas vacinais. Para tanto, a SES-MG mantém todos os esforços para agilizar a distribuição das doses às Regionais de Saúde e garantir que a vacina seja aplicada em todo o público-alvo.

Logística

Receberá vacinas por aeronaves do CBMMG a seguinte URS:

-SRS Governador Valadares

Retirarão as vacinas na Rede de Frio da URS polo, ou receberão em sua própria Rede de Frio por meio do transporte de outra URS, as seguintes URSs:

–      GRS Ituiutaba (pegar com SRS Uberlândia)
–      GRS Januária (pegar com SRS Montes Claros)
–      SRS Juiz de Fora (pegar com GRS Leopoldina)
–      SRS Manhuaçu (pegar com SRS Ponte Nova)
–      SRS Passos (pegar com SRS Alfenas)
–      SRS Pouso Alegre ( pegar com SRS Varginha)
–      SRS Teófilo Otoni (pegar com GRS Pedra Azul)
–      GRS Ubá (pegar com GRS Leopoldina)
–      SRS Uberaba (pegar com SRS Uberlândia)
 

Leia Também:  Minas Gerais e São Paulo deflagram operação Divisas Integradas I

Retirarão as vacinas na Central Estadual de Rede de Frio, as seguintes URSs:

– SRS Belo Horizonte
– SRS Montes Claros
– GRS Itabira
– GRS São João del-Rei
– SRS Alfenas
– SRS Barbacena
– SRS Diamantina
– GRS Leopoldina
– SRS Patos de Minas
– GRS Pirapora
– SRS Ponte Nova
– SRS Varginha
– SRS Cel. Fabriciano
– SRS Divinópolis
– GRS Pedra Azul
– SRS Uberlândia
– GRS Unaí

Quantitativo

Acesse vacinaminas.mg.gov.br/ e acompanhe o quantitativo de doses recebidas pelo estado a cada remessa e as principais informações sobre a vacinação contra a covid-19 em Minas Gerais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA