Minas Gerais

Rede Minas estreia quadro sobre o Circuito Liberdade

Publicados

em


O quadro “Viva Liberdade”, que entrará na programação da Rede Minas nestas quinta e sexta-feira (14 e 15/10), chega com a proposta de levar os mineiros para conhecer locais e rotas temáticas do Circuito Liberdade. Localizado em Belo Horizonte, o circuito é considerado um dos maiores complexos culturais e turísticos do Brasil. A cada edição, os espectadores vão conferir curiosidades, informações históricas, dicas e a diversificada programação cultural.

Para a estreia, o destaque é o Palácio da Liberdade, que foi reaberto há pouco para visitação. Construído em 1895, o edifício abrigava a sede do governo de Minas Gerais. Dos seus salões foram tomadas importantes decisões políticas. Destaque, também, para a arquitetura. Escadaria belga, jardins que abrigam esculturas francesas, coreto e orquidário são alguns dos pontos que fazem desse cenário um cartão postal.

O “Viva Liberdade” sobre o Palácio da Liberdade estreia nesta quinta (14/10), às 19h10, no Agenda, da Rede Minas, e na sexta (15/10), no Jornal Minas 1ª Edição, às 12h30. O público pode acompanhar a atração pela Rede Minas ou, nesse mesmo horário, no site da emissora: redeminas.tv. A partir daí, a atração ficará frequentemente na grade nesses dois programas, nos mesmos horários e datas.

Leia Também:  Governo de Minas vai revisar legislação do Mercado Livre de Gás Natural

A produção é da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), da qual fazem parte a Rede Minas e Rádio Inconfidência.  A atração faz parte do “Descentra Cultura”, plano da Secult de regionalização e democratização ao acesso aos bens e serviços da Cultura visando à descentralização de recursos, formação e atividades culturais pelos municípios mineiros. 

A atração também passou a integrar, desde 1/10, a grade de programação da Rádio Inconfidência às terças, quintas, sábados e domingos, às 13h30 e às 20h30.

Serviço

Estreia do quadro ‘Viva Liberdade’ na Rede Minas

Programa Agenda
Data: 14/10/2021 (quinta-feira)
Horário: 19h10

Programa Jornal Minas 1ª edição
Data: 15/10/2021 (sexta-feira)
Horário: 12h30

Transmissão:
redeminas.tv/comosintonizar
A Rede Minas está no ar no canal 9 (VHF) ou 17 (UHF); Net 20 e Net HD 520; Vivo 9; One Seg (para celulares e portáteis) 9.3; e através do satélite Brasilsat C2 para a América Latina. Outra opção é acompanhar a programação em tempo real pelo site www.redeminas.tv.

Leia Também:  Cemig orienta para instalação segura de enfeites de Natal

Atendimento ao público:
(31) 3254-3000 / Whatsapp: (31) 98272-6543

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Mais de 50 postos de combustível são fiscalizados pela Polícia Civil na capital

Publicados

em


PCMG / Divulgação

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), atenta ao contexto de aumento do preço de combustíveis veiculares em decorrência da greve de caminhoneiros, recém-finalizada nessa sexta-feira (22/10), realizou operação em Belo Horizonte e Região Metropolitana para fiscalização de postos fornecedores. Foram 50 postos visitados pelos policiais civis.

A ação policial foi organizada a partir de denúncias de consumidores reunidas desde 21/10 pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), com relatos de preços abusivos cobrados por postos da capital e outras irregularidades, como ações de reserva e estocagem ilegal.

“A partir dos levantamentos, organizamos um roteiro para fiscalizações com quatro equipes do departamento, totalizando 50 policiais civis empenhados em ações operacionais e de inteligência”, explica o chefe do Departamento Estadual de Investigação de Fraudes, delegado Júlio Wilke.

Dois dos estabelecimentos fiscalizados em BH, localizados nas regiões Centro-Sul e Barreiro, apresentaram indícios de preços abusivos e serão investigados pela Decon. Um dos postos, inclusive, voltou o preço indicado no painel obrigatório com a chegada da polícia, com redução significativa de 30 centavos no litro do etanol e de 20 centavos no de gasolina.

Leia Também:  Fhemig mantém vagas emergenciais para médicos em BH

A titular da Decon, delegada Danúbia Quadros, informa que a PCMG continua atenta a novas denúncias que possam surgir nos próximos dias.

“Os responsáveis pelos postos que estamos investigando, se constatadas irregularidades, podem responder por crimes contra as relações de consumo, previstos na Lei 8137/90”, conclui.

As denúncias podem ser encaminhadas à polícia por meio do Disque Denúncia Unificado 181 ou 197. O sigilo é garantido.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA