Minas Gerais

Tecnologia 4G chega a mais municípios mineiros e amplia inclusão digital

Publicados

em

O governador Romeu Zema e os secretários de Estado Luísa Barreto (Planejamento e Gestão) e Marcel Beghini (Geral) se reuniram, no final da tarde desta quarta-feira (22/6), com executivos da TIM Brasil na Cidade Administrativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Na pauta do encontro, foi abordado o alcance da operadora no estado. A TIM Brasil, junto com a Algar e Claro, foi responsável pela ativação das primeiras antenas do programa Alô, Minas!, iniciativa lançada em 2020 para proporcionar inclusão digital a cerca de 300 localidades e distritos mineiros que ainda não possuem tal acesso.

Entre as apresentações feitas, a operadora mostrou projeções que indicam uma aceleração frente ao prazo inicialmente previsto para implantação do serviço nas 38 localidades e distritos mineiros que compõem seu primeiro lote, e que beneficiarão mais de 5 mil pessoas.

“Nós damos boas-vindas à antecipação desses prazos, que significam desenvolvimento, com desdobramentos em diversas áreas aprimoradas com essa integração”, pontuou Romeu Zema, diante da projeção de conclusão da etapa.

Leia Também:  Inscrições para cursos do Trilhas de Futuro - Educadores começam nesta quarta-feira (4/5)

A secretária Luísa Barreto destacou a atuação conjunta da sua administração com as telefônicas para garantir essa integração com pequenas localidades por todo o estado. “Minas Gerais tem trabalhado para conseguirmos de fato expandir a conectividade, o que significa um ganho econômico para o estado diretamente em termos de arrecadação de impostos, mas mais do que tudo porque a atividade econômica é fomentada e ampliada, e totalizaremos 155 localidades até fevereiro de 2024”.

Durante o encontro, o vice-presidente de Tecnologia da TIM Brasil, Leonardo Capdeville, também anunciou que a operadora atingiu a marca de 100% das 853 sedes municipais de Minas com cobertura 4G, uma tarefa de dificuldade singular para a empresa. “Com a segunda maior população do país e o maior número de municípios, Minas é um desafio à parte, pois é um estado com território quase duas vezes o tamanho da Itália, por exemplo, e com relevo bastante atípico”.

Tecnologia 5G 

A operadora disponibiliza hoje em Minas Gerais uma experiência com o 5G (na modalidade 5G DSS, ativada sobre as frequências atuais do 4G). Atualmente, a tecnologia está presente em Belo Horizonte e em outras 14 cidades brasileiras. Paralelamente a isso, os executivos da TIM informaram que a companhia já está pronta para disponibilizar a rede 5G (frequência 3,5GHz), com todas as suas funcionalidades, tão logo a faixa de 3,5GHz seja liberada pela Anatel, iniciando pelas capitais do Brasil.

Leia Também:  Minas ultrapassa a marca de 1 milhão de doses contra covid aplicadas em crianças

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Governador prestigia posse do novo presidente do TJMG

Publicados

em

O governador Romeu Zema participou da posse do novo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador José Arthur Filho, que assume o cargo para o biênio 2022-2024. A cerimônia ocorreu nesta sexta-feira (1/7), no Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Zema celebrou sua primeira participação presencial em uma posse da presidência do órgão, já que, durante a cerimônia de 2020, ele só pôde fazê-lo por videoconferência, em função da pandemia. “Fico muito satisfeito de o Tribunal mais uma vez ter feito um processo transparente, liso, e ter nomeado alguém com tanta capacidade”, disse, ao dar boas vindas ao magistrado no comando da Casa.

O governador comentou sobre o respeito mútuo que que manteve com os dois presidentes anteriores do TJMG, contemporâneos de sua gestão à frente do estado. “Somos um governo transparente, que preza por um bom relacionamento, e tenho certeza que vamos aprimorar o que já era bom”, afirmou.

O novo presidente do TJMG foi empossado pelo antecessor, desembargador Gilson Soares Lemes, que ocupava o cargo desde 2020. Ao transmitir a presidência, Gilson Soares Lemes fez um balanço das conquistas desses dois anos à frente do cargo. “Nesse biênio, muitas sementes foram plantadas e  os frutos estão agora sendo colhidos”, afirmou, ao citar avanços em áreas como tecnologia, infância e juventude, sustentabilidade e combate à violência contra a mulher.

Leia Também:  Governo de Minas amplia pagamento do rateio do Fundeb

Ele salientou o trabalho de conciliação do Tribunal para a resolução de conflitos, em especial referência ao papel desempenhado após o rompimento da barragem de Brumadinho. “Destaco o acordo de proporções históricas e de repercussão mundial, no valor de quase R$38 bilhões, celebrado entre a mineradora Vale, o estado de Minas e as instituições públicas, um entendimento que encerrou uma batalha jurídica que poderia se estender por mais de duas décadas”, disse, citando ainda o programa Destrava Minas, responsável por desemperrar obras públicas que não tiveram andamento em razão de entraves jurídicos, por meio de um comitê interinstitucional, com a Advocacia Geral do Estado (AGE) representando o Governo de Minas Gerais.

José Arthur Filho se formou em Direito no ano de 1984, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ele já havia ocupado cargos na Diretoria da Associação dos Advogados de Minas Gerais,foi diretor jurídico do Banco de Crédito Real, consultor jurídico do Instituto Mineiro de Assistência aos Municípios (Imam) e também atuou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG).

O novo encarregado pela direção do colegiado de magistrados enfatizou o papel do Judiciário na proteção de uma sociedade livre, justa, fraterna e solidária, obedecendo preceitos da Constituição Federal de 1988, e reverberou a importância de manutenção do diálogo entre instituições. “Manteremos uma relação harmoniosa e o equilíbrio entre os Poderes, seguiremos em defesa de garantias e independência e autonomia do Judiciário, vamos fortalecer o permanente diálogo com advogados, procuradores do Estado, Ministério Público e membros da Defensoria Pública com o objetivo comum de defesa da ordem jurídica e do estado democrático”, assinalou.

Leia Também:  Resolução implementa trabalho voluntário de custodiados em todo o estado

Ele chegou ao tribunal ao assumir uma cadeira como desembargador do TJMG em 2014 e, antes de chegar à presidência do tribunal, havia sido superintendente adjunto administrativo da Casa, onde também exerceu as funções de superintendente de Planejamento Administrativo e Gestão de Bens, Serviços e Patrimônio, além de membro da Comissão de Orçamento, Planejamento e Finanças.

Também tomaram posse na cerimônia os demais integrantes da Alta Direção da Corte: desembargador Alberto Vilas Boas Vieira de Sousa  (primeiro vice-presidente), desembargador Renato Luís Dresch segundo (vice-presidente), desembargadora Ana Paula Nannetti Caixeta (terceira vice-presidente), desembargador Luiz Carlos de Azevedo Corrêa Junior (corregedor-geral de Justiça) e Yeda Monteiro Athias (vice-corregedora-geral de Justiça).

O Legislativo mineiro também esteve na solenidade, com a presença do presidente do  Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus. A mesa de honra foi composta ainda pelo prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, e pela presidente da Câmara Municipal de BH, Nely Aquino, além do senador Alexandre Silveira e do deputado federal Olavo Bilac.

Fonte: Agência Minas

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA