Rural

Ferramentas gerenciais do Senar/MS e boletins técnicos do Sistema Famasul auxiliam na tomada de decisão

Publicados

em


Estar atualizado sobre as cotações da agropecuária e com o planejamento em dia fazem total diferença na tomada de decisão em uma propriedade rural. Atento a essa necessidade, o produtor Adriano Barbosa, do município de Maracaju, utiliza as ferramentas gerenciais e boletins técnicos do Sistema Famasul para acompanhar o mercado e ser assertivo na compra de insumos. Esse é o case de sucesso da série #TransformandoVidas desta semana.

“O boletim técnico agrícola é muito importante, porque apresenta muitos números e informações que nos ajudam com compras futuras. Conseguimos avaliar o impacto, tirando a média de valores do milho, que é para minha atividade é fundamental”, relata o produtor.

A planilha utilizada nos atendimentos da ATeG (Assistência Técnica e Gerencial) do Senar/MS também auxilia o produtor no gerenciamento da atividade.

“Recomendo para outros produtores que busquem essas ferramentas, pois elas ajudam nas decisões e a obter um lucro. A planilha fica bem detalhada, bem resumida. Os números chegam próximo da realidade. Fica fácil acompanhar o gerenciamento, o custo de uma ração, o custo de funcionário, de toda a propriedade. Tem tudo na mão. É uma realidade e ajuda a transformar vidas”, complementa.

Leia Também:  HF BRASIL/CEPEA: Novos hábitos de consumo de HF adquiridos na quarentena podem continuar no pós-pandemia

Transformando Vidas – Toda sexta-feira, o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e as suas transformações no campo. Confira outras histórias de sucesso no canal no YouTube, e reportagens sobre Milho em ‘Mercado Agropecuário’ e ‘Educação no Campo’.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rural

Campo Futuro levanta custos de produção em nove estados

Publicados

em


Brasília (30/07/2021) – O Projeto Campo Futuro levantou nesta semana os custos de produção de aquicultura (piscicultura), cana-de-açúcar, grãos (soja, milho e feijão), pecuária de leite e pecuária de corte.

Os encontros ocorreram de forma virtual como medida de segurança para atender os protocolos sanitários com o objetivo de evitar o contágio do coronavírus.

Os painéis de grãos ocorreram em Cristalina (GO), Dourados (MS) e Naviraí (MS). Em Morro Agudo (SP), Campo Florido (MG), João Pessoa (PB) e Recife (PE), ocorreram os levantamentos de cana-de-açúcar.

Houve, ainda, um painel de pecuária de leite, em Marmeleiro (PR), um de pecuária de corte, em Santa Maria (RS) e um de piscicultura, em Cuiabá (MT).

Os levantamentos foram feitos pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Centro de Inteligência de Mercados da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), Labor Rural (Universidade Federal de Viçosa – UFV) e Pecege (Esalq/USP).

A iniciativa analisa as informações obtidas a partir da realidade produtiva apresentada pelos produtores. Participam dos encontros virtuais (medida de segurança para evitar o contágio do coronavírus) representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária, sindicatos rurais dos municípios e produtores rurais. Os dados obtidos são preliminares.

Leia Também:  Produtores dos Tabuleiros de São Bernardo garantem satisfação com assistência técnica do Senar

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA