Política

Ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, apresenta palestra para convidados em Capitólio

Publicados

em

Com formação em administração, com cursos de pós-graduação e mestrado em Genebra, Suíça, em estratégia do desenvolvimento, o ministro do TCU Augusto Nardes,  egresso do Parlamento traz consigo o gosto pelo ideário de servir à coletividade, tese que defende desde a sua  primeira eleição, em 1972. Nardes abriu o encontro na manhã dessa segunda-feira, 11 de outubro,  em Capitólio, com o tema “Inovação em Governança: Qual o futuro da gestão  pública?”. 

O ministro abriu a palestra falando sobre suas origens, defendendo com muito orgulho a história da sua família.

“Gaúcho, missioneiro, descendente de tropeiros, filho do Brasil, exercer o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União, como o faço desde o dia 20 de setembro de 2005, permite-me atuar na proteção dos direitos não só do povo de meu Estado, mas de todo o povo de meu país. Neste seleto colegiado onde já tomaram assento grandes vultos do Rio Grande do Sul e do Brasil, busco, todos os dias, honrar o compromisso assumido no termo de posse, desempenhando com independência e exação os deveres do cargo, cumprindo e fazendo cumprir a Constituição Federal e as leis da Nação, notadamente no que diz respeito à fiscalização e ao controle externo dos recursos públicos de competência da União.”

Augusto Nardes , imbuído das responsabilidades da magistratura de contas, honrosamente presidiu a Casa no biênio 2013-2014, oportunidade em que implantou, entre outros conceitos, a especialização das unidades técnicas e as auditorias coordenadas. O ministro também esteve à frente da Olacefs na primeira vez em que o Brasil exerceu a presidência da Organização, criada há mais de 50 anos para congregar as entidades de fiscalização superior da América Latina e do Caribe.

“Atuar em um órgão de jurisdição nacional e de estatura constitucional como o Tribunal de Contas da União é poder pensar o futuro do Brasil em um contexto político global, não apenas sob os aspectos da legalidade, legitimidade e economicidade dos atos da administração pública, mas com foco na boa governança, na sustentabilidade e na competitividade, de modo a contribuir para o desenvolvimento do país em benefício da sociedade, e para o engrandecimento crescente de nossa Nação perante as grandes potências do planeta.” afirma Augusto.

Durante a palestra Augusto Nardes norteou os prefeitos e demais gestores sobre a importância da governança e a responsabilidade do ator público. Nardes destaca que os prefeitos devem trabalhar pela coletividade sem pensar apenas em si e na reeleição, de forma que possa assumir a postura de liderança para tornar a vida das pessoas melhor. O ministro ainda fez questão de apresentar ferramentas que conduzam o munícipio para Eficiência, Eficácia e Efetividade. Também elencou os 10 passos para ser um gestor de resultados, pautando sempre na transparência e no compromisso com o cumprimento das leis.

Leia Também:  DEPUTADO ARANTES REÚNE SECRETÁRIOS DE ESTADO E PARLAMENTARES PARA DEFENDER PRODUTORES RURAIS

Augusto destacou que políticas públicas são um conjunto de ações, metas e planos definidos por corpo técnico do munícipio para o bem estar de todos. Políticas públicas são tudo aquilo que o governo decide ou não fazer, mas não somente na sua gestão, pois políticas públicas demandam decisões para mudar o Estado a longo prazo, de natureza continuada e transcendente a uma única gestão.

Nesse sentido quando o gestor assume uma cadeira com o pensamento de “MEU MANDATO” subentende-se que está fadado ao fracasso, pois levamos em conta que o trabalho deve ser sempre contínuo e plural e não apenas de uma pessoa só.

A palestra contou com a ilustre participação do coordenador de inovação e governança, com destaque internacional no parlamento europeu, Walter Marinho, com o deputado estadual, Antônio Carlos Arantes (PSDB), com o presidente da AMM (Associação Mineira dos Munícipios, Gilvan Lacerda, com o prefeito de Capitólio, Cristiano Silva (PP), com a presidente da Câmara de Capitólio, Mirian Rattis (DEM), diversas lideranças estaduais e dezenas de empresários. Alpinópolis foi representada pelo vereador Alex Cavalcante (PSDB) e pelo empresário João Bandeira. O ministro esteve em Capitólio a convite do prefeito ,Cristiano Silva.

Leia Também:  Ministério da Saúde atende solicitação do Deputado Federal Emidinho Madeira

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Vice-governador atende pedido do presidente da câmara e confirma agenda para Alpinópolis

Publicados

em

Alex Cavalcante faz a leitura do convite a Paulo Brant

CONFIRMAÇÃO

O convite foi feito pelo presidente da Câmara, o tucano, Alex Cavalcante (Mochila) durante visita ao gabinete de Brant na última terça-feira (28/9) em Belo Horizonte. A agenda foi organizada pelo articulador e jornalista Maurício Noronha, amigo pessoal do presidente Alex. Após o seu desligamento do Partido NOVO, o vice-governador de Minas filiou-se ao PSDB. A agenda ainda não tem a data confirmada, mas será na primeira quinzena de dezembro.

PAULO BRANT

Considerado o alicerce das resolutivas econômicas do Estado Brant que é engenheiro, economista e especialista em estratégias empresarial contribuiu ativamente para recolar o Estado nos trilhos. Ele nasceu em Diamantina em 1 de maio e tem 62 anos, defensor do Estado Forte é um social democrata, também considerado pela crítica um político a frente do nosso tempo, visionário. Brant nos remete a política feita por consenso e distante do ódio. Também é muito conhecido pela sua paixão cultural, é irmão do famoso compositor e jornalista, Fernando Brant. Mineiro de Diamantina. Paulo ainda atuou como diretor-presidente da Celulose Nipo-Brasileira S/A – Cenibra, entre 2010 e 2016. Também foi secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, diretor-superintendente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, e chefe de gabinete do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Leia Também:  Príncipe Harry e Meghan Markle rejeitam Natal com a Rainha Elizabeth II

Paulo Brant possui trabalhos publicados na área de economia: “Economia Mineira – 1989: Diagnóstico e Perspectivas”, “Evolução e Perspectivas do Setor Industrial em Minas Gerais”, “O Programa de Estabilização e os Bancos” e “O Setor Industrial em Minas Gerais: Características, Desempenho Recente e Perspectivas”. Também atuou como superintendente executivo de Relações Institucionais da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), entre 2016 e 2018.

Paulo Brant é presenteado com os produtos Sanmariana e Café Silva e faz questão de mostrar sua paixão pelo queijo com café no celular.

ROTEIRO

A priori a visita será para o vice-governador conhecer o Monte das Oliveiras, cenário bíblico construindo pelo historiador Iglair Lopes que está entre as belas montanhas do aconchegante bairro da Vila Betânia. Possuí uma área de 90mil metros quadrados e retrata com perfeição os Novo e Velho Testamentos. Brant acompanhou atentamente o vídeo de apresentação da cidade.

Também a pedido de Alex Cavalcante está previsto para a agenda um encontro na Câmara Municipal com produtores rurais, empresários de Alpinópolis e convidados.  Brant irá visitar o prédio da antiga cadeia pública, que foi doado pelo Estado ao munícipio em 2019, através da lei 23.517/2019. Cavalcante também apresentou a Brant a construção de uma policlínica, orçada em aproximadamente 1 milhão de reais. O vice-governador já encaminhou ao secretário de Saúde do Estado, Fabio Baccheretti Vitor a demanda que poderá contemplar todos os moradores. O pedido conta com o apoio do deputado federal, Domingos Sávio e do deputado estadual Dalmo Ribeiro, ambos do PSDB.

Leia Também:  Após quase morrer por cirurgia, Tati Minerato volta a hospital e faz barraco
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA