Minas Gerais

Escolas da rede estadual recebem melhorias na infraestrutura

Publicados

em


O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), tem feito um fino planejamento de melhoria das instalações das escolas estaduais em todas as regiões do estado. O resultado é um robusto investimento em obras e na melhoria dos espaços escolares: R$ 1,25 bilhão até o final de 2021, dividido em três frentes: o programa Mãos à Obra nas Escolas, a compra de novos mobiliários e equipamentos diversos e a disponibilização de recursos adicionais de manutenção predial para as instituições de ensino estaduais.

Balanço

No caso das obras de infraestrutura inseridas no programa Mãos à Obra nas Escolas, já foram investidos cerca de R$ 360 milhões, em 2.139 intervenções em 1.328 escolas distintas. Durante o planejamento realizado na fase anterior à liberação dos recursos foi feita uma avaliação para definir quais unidades de ensino precisavam das melhorias com mais urgência. 

A ação criou um diagnóstico de infraestrutura da rede, diante de tantas unidades em situação de precariedade e há anos sem receber reformas e investimentos básicos de manutenção. Essa estratégia permitiu a elaboração de uma escala das intervenções, observando critérios técnicos, começando pelas prioritárias até alcançar as unidades com menos urgências quando comparadas às outras.  

Exemplos são as obras na Escola Estadual Doutor Carlos Albuquerque, em Montes Claros, no Norte de Minas, que estão em andamento dentro do cronograma previsto, com previsão de término em maio do ano que vem. As intervenções incluem troca do piso de salas de aula, construção de uma sala de secretaria, troca da parte elétrica e ampliação do refeitório. Para a diretora da escola, Carla Santos Souza, um ambiente aconchegante tem reflexo positivo no aprendizado.

“Dar um ambiente satisfatório para os alunos traz como resultado a melhoria da aprendizagem. Quando o aluno chega na escola e vê que ela foi cuidada, demonstra satisfação de estar aqui. Quando ele entra no banheiro e vê que funciona, que tem cadeira boa para sentar e uma infraestrutura adequada, fica motivado a voltar para a aula”, destacou a diretora.

Leia Também:  Tarifas do transporte coletivo intermunicipal serão reajustadas a partir de 17/8

Manutenção e custeio

Outro exemplo da dedicação da SEE/MG e do Governo de Minas na melhoria da infraestrutura das escolas é o programa de manutenção predial. A secretaria já disponibilizou, neste ano, mais de R$ 98,6 milhões para o reforço na manutenção predial em 2.247 unidades escolares. 

O recurso foi um adicional da verba de manutenção e custeio que é repassada às escolas, oferecendo mais agilidade na realização de pequenos reparos e adequações para o retorno das atividades presenciais. Vale lembrar que a pasta retomou os repasses da verba de manutenção e custeio em 2019 que, assim como a alimentação escolar estadual, não eram liberadas regularmente às caixas escolares na gestão anterior.

De acordo com o superintendente de Infraestrutura e Logística da SEE/MG, Augusto César Guimarães de Souza, a destinação desses recursos extras garante que as escolas possam fazer manutenções corretivas nos prédios, como troca e conserto de esquadrias, portas, janelas, pisos, torneiras, além de pinturas e outras intervenções.

Todas as unidades podem receber o recurso, de acordo com a demanda de cada unidade encaminhada para a regional responsável. “Esperamos que, com esse programa, as escolas estejam sempre em boas condições e com um ambiente agradável e adequado para o aprendizado”, afirma Augusto Guimarães.

Emoção
 

Crédito:Arquivo pessoal; Escola Estadual Monsenhor Manoel

A diretora Maria Edna Fernandes Costa, da Escola Estadual Monsenhor Manoel, município de Medina, no Vale do Jequitinhonha, não esconde a felicidade com as obras. Agradecida, ela conta que não acreditou quando viu que as verbas para reforma do banheiro e compra de mobiliário e equipamentos caíram na conta da unidade de ensino. “Quando vi aquele tantão de dinheiro, fiquei muito empolgada. A reação foi festiva porque tenho 68 anos de idade, estou há dez na direção, e nunca vi um Governo se importar tanto com a nossa escola”, relatou.

Edna conta que o recurso foi usado para reformar os banheiros, que estavam sem pia e com as portas caindo, entre outros problemas. Ela disse que alunos e professores ficaram muito felizes com a melhoria. “A escola ficou mais bonita, mais alegre. Foi de grande valia. Os alunos chegaram e viram o banheiro todo arrumado e também parte do refeitório reformado. Foi um grande momento”, lembra.

Leia Também:  Previsão do tempo para Minas Gerais neste sábado, 9 de outubro

Mobiliário

Mais recursos, R$ 800 milhões ao todo, também estão sendo investidos para trocar o mobiliário de todas as escolas da rede estadual, nas diferentes regiões de Minas. As unidades de ensino estão recebendo verba para a compra de mobiliários e equipamentos diversos. Com isso, estudantes, professores e demais funcionários poderão desfrutar de espaços escolares mais agradáveis, bem equipados, em que seja possível explorar ao máximo as possibilidades de aprendizado.

O valor é repassado às escolas via caixa escolar, por meio de termo de compromisso, para que as próprias unidades de ensino façam a compra dos equipamentos e dos mobiliários de acordo com suas necessidades, conforme o catálogo disponibilizado pela SEE/MG. 

Podem ser adquiridos itens para a renovação de mobiliários e equipamentos de cozinha, refeitório, pátio e área administrativa da escola. Alguns exemplos são armários, fogão industrial, projetor multimídia, bebedouros, sofá para sala de professores, entre outros.

Além disso, a SEE/MG fez uma compra centralizada de conjunto de carteiras escolares para alunos e professores. Os materiais serão entregues para todas as escolas estaduais, renovando as salas de aula da rede. A Escola Estadual Teotônio Vilela, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, será beneficiada com 14 conjuntos de mesa e cadeira de professor e 445 kits de carteiras para alunos.

A escola também recebeu R$ 291,4 mil para a aquisição de mobiliário e equipamentos diversos, entre eles aparelhos de som, bebedouros, eletrodomésticos para equipar as cozinhas e refeitórios e ventilador.

A unidade, que disponibiliza o Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), recebeu cerca de R$ 66 mil para aquisição de materiais e serviços de reparo em investimentos específicos para as escolas que oferecem a modalidade.
 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Minas Gerais

Saiba como ajudar e onde entregar doações para os atingidos pelas chuvas em Minas

Publicados

em


O Governo de Minas, por meio do Serviço Social Autônomo (Servas), intensifica esforços para a campanha SOS Chuvas Minas Gerais. O objetivo é receber doações destinadas à população atingida pelas fortes chuvas que castigaram os municípios do estado. A prioridade agora é arrecadar água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores. Uma força-tarefa envolvendo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) e as forças de segurança está recolhendo o material e prestando ajuda humanitária aos afetados.

Desde o início do período chuvoso em Minas, em outubro de 2021, 25 pessoas morreram, 47.911 ficaram desalojadas e 7.336 desabrigadas (dados atualizados em 17/1). As informações foram divulgadas pela Cedec. Até o momento, 377 cidades estão em situação de emergência.

Saiba como e onde doar 

As doações podem ser entregues diretamente na sede do Servas, na Avenida Cristóvão Colombo, 683, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Neste momento, a doação de roupas está suspensa devido ao grande número de material recebido nos últimos dias. Os itens de maior necessidade são água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores. Mais informações podem ser acessadas nas redes sociais da instituição, no site www.servas.org.br ou pelo telefone (31) 3349.2400.

Para doações em dinheiro, os dados para transferência são:

Serviço Social Autônomo
CNPJ: 17.385.840/0001-12
Caixa: Ag. 1667 / CC: 3529-1
Pix: +5531991630836

Os donativos também podem ser entregues na rede de supermercados Verdemar, no BH Shopping, Shopping Diamond Mall e Shopping Pátio Savassi, em todos os batalhões, quartéis e bases comunitárias de Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Delegacias de Polícia Civil de Minas Gerais e em pontos de coleta da Cemig. Confira os endereços:
 

  • Todos os batalhões, quartéis e bases comunitárias de Polícia Militar de Minas Gerais
  • Todos os batalhões do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais
  • Todas a Delegacias de Polícia Civil de Minas Gerais
Leia Também:  Produtora do Campo das Vertentes é a campeã do 13º Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal

Agências da Cemig

1. Ipatinga (Rua Uberlândia, nº 321, Centro )

2. Itabira  (Rua Topázio, 45, Areão)

3. Paracatu (Rua Matias Mundim, 337, Santa Lúcia)

4. Varginha  (Rua Presidente Antônio Carlos, 538, Centro)

5. Divinópolis (Rua Itapecerica, 151, Centro)

6. Pará de Minas (Rua João Alexandre, 670, Dom Bosco)

7. Montes Claros  (Rua Padre Augusto, 550, Centro)

8. Almenara (Rua Hermano de Souza, 214, Centro)

9. Teófilo Otoni  (Praça Germânica, 16, Centro)

10. Salinas (Avenida Frederico Leão Bitencourt, 64)

11. Januária (Avenida Cônego Ramiro Leite, 17, Centro)

12. Uberlândia (Avenida João Pinheiro, 1373, Aparecida)

13. Patos de Minas (Avenida Prefeito Camundinho, 861, Lagoa Grande)

14. Pouso Alegre (Praça João Pinheiro, 194, Centro)

15. Betim (Praça Tiradentes, 84)

16. Edifício Sede da Cemig em Belo Horizonte  (Avenida Barbacena, 1200, Santo Agostinho)

Pátio Savassi

Avenida do Contorno, 6061 – São Pedro

Diamond Mall

Avenida Olegário Maciel, 1600 – Lourdes

BH Shopping

BR-356, 3049 – Belvedere

Lojas Supermercado Verdemar

  • Rua Fernandes Tourinho, 471 – Funcionários
  • Rua do Ouro, 195 – Serra
  • Rua Vancouver, 40 – Jardim Canadá
  • Rua Guaicuí, 700 – Luxemburgo
  • Rua Viçosa, 572 – São Pedro
  • Rua Turquesa, 721 – Prado
  • Av. Nossa Sra. do Carmo, 1900 – Sion
  • Av. Raja Gabáglia, 3600 – Estoril
  • Av. Prof. Mário Werneck, 1.500 – Buritis
  • Av. Santa Rosa, 846 – Pampulha
  • Av. Tancredo Neves, 2700 – Castelo
  • Av. Cristiano Machado, 2130 – Cidade Nova
Leia Também:  Editais culturais e turísticos do Estado recebem inscrições até julho

Super Nosso

  • Super Nosso Lourdes – Rua Gonçalves 1979 Lourdes
  • Super Nosso Castelo – Av. Heráclito Mourão de Miranda 1700 Castelo
  • Super Nosso Luxemburgo- Av. Guaicui 355 Coração de Jesus
  • Super Nosso Nova Lima Rodovia MG 30 Loja 18 Vale do Sereno Nova lima
  • Super Nosso Planalto- Av. General Olímpio Mourão Filho 717 Planalto
  • Super Nosso Pampulha- Av Portugal 2481 Santa Amélia
  • Super Nosso Cruzeiro- Av. Afonso Pena 3328 Cruzeiro
  • Super Nosso Buritis- Av. Mário Werneck 2641 Buritis
  • Super Nosso  Xua-  Rodovia BR 356 450

Apoio Mineiro

  • Apoio Mineiro Floramar– Av. Cristiano Machado 10.768 Floramar
  • Apoio Mineiro Aarão Reis- R. Waldomiro  Lobo 133 Aarão Reis
  • Apoio Mineiro Silva Lobo – Av. Silva Lobo 900 Nava Suíça
  • Apoio Mineiro Horto- Silviano Brandão 3001 Horto
  • Apoio São Francisco- Anel Rodoviário Celso Mello Azevedo 17.850 Sumaré

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA