ESPORTES

Avaí e Brusque desperdiçam oportunidade e encerram partida sem gols

Publicados

em


Avaí e Brusque ficaram no 0 a 0, em disputa válida pela partida de IDA da fase semifinal do Campeonato Catarinense Série A 2021. Em disputa realizada na tarde de domingo (02/05), no estádio Dr. Aderbal Ramos da Silva (Ressacada), em Florianópolis, as duas equipes apresentaram um bom futebol, com defesas importantes dos goleiros Glédson e Dalberson. Com o placar de 0 a 0 na Ressacada, o Avaí precisa vencer por qualquer placar a partida de volta para chegar à final da competição.

Coma bola rolando, o Avaí foi superior na etapa inicial, criando várias oportunidades para abrir o placar. O Brusque, veloz nos contra ataques, teve duas boas oportunidades.

Logo aos 11 minutos, o Avaí desceu pela esquerda. A bola foi cruzada na entrada da área. Giovanni dominou, girou e bateu de primeira, mas a bola subiu demais. O Brusque respondeu aos 15. Em jogada de contra ataque, Airton avançou na área e, na finalização, Bruno Silva fez o corte para escanteio. Logo em seguida, aos 17, Valdívia recebeu na área, cara a cara com o goleiro, que fechou o ângulo e tirou o que poderia ser o primeiro do Avaí no jogo. Aos 23, Giovanni bateu forte, rasteiro e de longa distância, assustando o goleiro adversário que viu a bola passar muito perto da trave para sair pela linha de fundo. Aos 30, mais uma grande chance, desta vez nos pés de Valdívia. Boa jogada pela direita. Bola cruzada na área. Valdívia tentou pegar de primeira e a bola subiu demais. Ainda na etapa inicial, aos 42, Valdívia recebeu bola açucarada na área e, de cabeça, tocou para Bruno Silva, que colocaria nas redes, não fosse o corte providencial da zaga adversária. No ultimo minuto de bola rolando, o Brusque chegou com perigo, em mais uma jogada de contra ataque. Garcez avançou e invadiu a área, mas Lourenço fez o corte tirando o perigo e garantindo o placar de 0 a 0.

  Avaí realiza treino tático no gramado do CFA

Leia Também:  Corrida Global de Solidariedade tem 1ª edição virtual no fim de semana

Na etapa final, logo aos 5 minutos Diego Renan avançou pela esquerda e cruzou na área. Lourenço subiu e tocou de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo. Quase o gol do Avaí na Ressacada.
Melhor no jogo, aos 8 minutos o Avaí chegou com Serrato, que recebeu na entrada da área e disparou em gol. A bola, que tinha endereço, desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

O Brusque tentou aos 10. Cobrança de falta de Airton, mas a bola foi por cima do gol avaiano.

Querendo abrir o placar, aos 16 minutos, Getúlio fez bonita jogada individual. O garoto formado na base avaiana colocou a bola entre as pernas do adversário e chutou em gol. O goleiro fez a defesa parcial e a zaga tirou o perigo.

Com o jogo lá e cá, o Brusque quase abriu o placar aos 25. Glédson fez importante defesa, evitando o gol de Alex Ruan. Thiago Alagoano recebeu na área, fez o corte e tocou para Alex Ruan chutar forte. Glédson fez uma incrível defesa. Segue Avaí 0x0 Brusque.

  Avaí soma importante ponto frente ao CSA-AL pela 16ª rodada da Série B

Leia Também:  Jemerson e Jonathan Cafú são apresentados e agradecem oportunidade de jogar pelo Timão

Em busca do gol, o Avaí quase abriu o placar aos 38. Wesley cruzou na área, Ianson cortou mal e a bola sobrou para Matheus Lucas, que acabara de entrar. Ele finalizou de primeira, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Com o jogo aberto, com lances de ataque e contra ataque, o Brusque quase marcou aos 42. Airton cruzou na área, Ianson subiu mais alto que todo mundo e finalizou de cabeça. Glédson Foi nela, mas a bola saiu pela linha de fundo, passando muito perto.

O Avaí respondeu aos 45, com João Lucas, que avançou pela esquerda e finalizou, mas Ianson tirou para escanteio. Na cobrança, a defesa tirou o perigo. Nos minutos finais da disputa, que foi até 45`+4`, o placar manteve-se fechado.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Pirani vibra com ‘sonho realizado’ e quer Santos vivo no Paulista: “Vamos lutar até o fim”

Publicados

em


Com a goleada por 5 a 0 sobre o The Strongest na última terça-feira (4), na Vila Belmiro, pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores, o Santos FC voltou a vencer após cinco jogos de jejum na temporada. E o resultado diante dos bolivianos contou com a ótima colaboração da Gabriel Pirani.

O meia, de apenas 19 anos, foi o autor da assistência para Marinho abrir o placar antes do primeiro minuto e também anotou o segundo tento do Peixe na goleada. Empolgado com a boa apresentação no torneio continental, o camisa 20 vibrou com o sonho realizado.

“Foi um momento especial demais. Não só meu, mas também de toda a minha família. É uma luta diária que a gente tem para chegar no objetivo. Marcar um gol com essa camisa numa Libertadores é um sonho realizado. Tudo isso é fruto de muito trabalho. Agora é trabalhar mais ainda para que novos sonhos se realizem”, afirmou Pirani.

Com a esperança reavivada na Conmebol Libertadores, o Santos FC agora muda seu foco no Campeonato Paulista. O Alvinegro Praiano encara o Palmeiras nesta quinta-feira (6), às 21h, no Allianz Parque, pela 11ª rodada, e precisa da vitória para seguir sonhando com a classificação para as quartas de final do torneio.

  Fluminense vence o Santos e atinge sete jogos sem perder

Leia Também:  Flamengo massacra Corinthians no Itaquerão, com vitória de 5 a 1

Antes disso, porém, os santistas precisam dar uma ‘secada’ no Guarani. Na segunda colocação do grupo D, com 14 pontos, a equipe de Campinas faz clássico com a Ponte nesta quarta (5), às 21h, no Moisés Lucarelli. Caso consiga a vitória diante da Macaca, o Bugre consegue a vaga e elimina matematicamente o Santos FC do Paulistão.

“Vamos secar um pouco o Guarani contra a Ponte, sim. Mas temos que fazer a nossa parte também contra o Palmeiras. Vamos lutar até o fim e dar o máximo para vencer o clássico também. Sabemos que a situação no Paulista é difícil, mas vamos seguir lutando”, concluiu Pirani.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA