Política

Deputado contesta declarações de colegas petistas

Publicados

em

Afirmando fazer um contraponto a colegas petistas que se manifestaram no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em reunião anterior, o deputado Sargento Rodrigues (PL) usou a tribuna na tarde desta quinta-feira (3/11/22) para criticar a presença do presidente eleito Lula na corrida presidencial, após condenações por corrupção e lavagem de dinheiro. Para ele, a Constituição foi “rasgada” do início ao fim no processo eleitoral, e a vitória de Lula “significa que o crime compensa”.

Consulte o resultado e assista ao vídeo completo da reunião

O parlamentar citou as condenações de Lula pelos casos do triplex do Guarujá e do sítio em Atibaia, ambos no estado de São Paulo, e atribuiu a liberação do presidente eleito a uma “canetada do militante de esquerda Edson Fachin”, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Sargento Rodrigues também retrucou os colegas que criticaram os bloqueios em rodovias após as eleições e justificou a insatisfação dos manifestantes com possíveis fraudes, como a não inserção de propaganda de Jair Bolsonaro (PL) em rádios.

“Também ouvi que Lula governará para todos, sobretudo para os que mais precisam. Só se for para seus comparsas e aliados dessa organização criminosa”, afirmou. Sargento Rodrigues ainda lembrou que foi recebido com gás lacrimogêneo em Ouro Preto, em 2016, durante o governo Fernando Pimentel (PT), para contrapor as reclamações de que os professores sempre são agredidos, enquanto os manifestantes que bloqueiam as estradas, não.

Leia Também:  O vereador Alex Mochila foi em busca de emenda parlamentar com o Deputado Estadual João Leite

Outra fala contestada foi a de assédio eleitoral em Minas. Segundo o deputado, “malas e malas de dinheiro vivo” destinadas à compra de votos foram apreendidas no Nordeste. Ele também elogiou o presidente Jair Bolsonaro e sua atuação na defesa das mulheres, com a sanção de aproximadamente 40 leis em benefício desse público.

Para o parlamentar, o presidente acendeu a fagulha do patriotismo e é preciso não descansar até “arrancar Lula da cadeira de presidente”. 

Nesse sentido, Sargento Rodrigues também conclamou os manifestantes a uma marcha a Brasília (DF). Segundo ele, a verdadeira democracia é a tomada do poder pelo povo, se preciso, com o sacrifício da própria vida.

Relação entre Minas e União

O deputado Carlos Pimenta (PDT) também abordou a questão política e afirmou estar preocupado com declaração de Lula sobre a participação do governador Romeu Zema (Novo) nas eleições. “Ele deixou de forma velada a indisposição em atender Minas Gerais. Espero que isso não se concretize”, afirmou.

Para o parlamentar, a democracia está abalada, e o governador precisará de deputados preparados e aguerridos na próxima legislatura. Carlos Pimenta não foi reeleito.

Leia Também:  Plenário recebe PL de revisão anual de vencimentos do TJMG

A morte do ex-deputado Marcos Tito também foi citada por ele e lembrada no Plenário com um minuto de silêncio. Carlos Pimenta citou parte da trajetória política e profissional de Tito, a quem chamou de homem de bem e grande mineiro, humilde e preparado. “Ele deixou sua marca na Assembleia. Eu lamentei não estar presente ao velório e envio o abraço de todo o PDT”, afirmou.

Projeto orçamentários

Ainda durante a Reunião Ordinária, foi comunicada decisão da Presidência acolhendo Acordo de Líderes que prorroga, até o dia 18 de novembro, o prazo para o recebimento de emendas aos Projetos de Lei (PLs) 4.008/22 e 4.009/22, os quais trazem, respectivamente, a revisão para o exercício de 2023 do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) 2020-2023 e a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2023.

Fonte: Assembléia Legislativa de MG

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Novembro Azul alerta sobre os riscos do câncer de próstata

Publicados

em

Desta sexta-feira (4/11/22) até o dia 17 deste mês, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promove o Novembro Azul, campanha de prevenção e combate ao câncer de próstata.

Com o objetivo de dar visibilidade às políticas de prevenção e combate a essa doença, a sede do Parlamento mineiro destaca suas fachadas com a cor azul. Serão iluminadas as entradas do Espaço Democrático José Aparecido de Oliveira (Edjao) e da Rua Rodrigues Caldas, no Bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte.

Durante todo o mês de novembro, a ALMG e outras entidades realizam ainda atividades que buscam a conscientização do público masculino quanto à necessidade de cuidar de sua própria saúde. Nesse contexto, é valorizada a realização de exames que impactam de maneira direta a saúde do homem, especialmente os exames de toque e o Antígeno Prostático Específico (PSA).

Coisa de homem

Com o mote “Em novembro, cuidar da saúde também é coisa de homem”, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) e o Ministério da Saúde estão divulgando ações para que os homens cuidem de sua saúde como um todo. Os dois órgãos lançaram em seus portais na internet materiais informativos sobre o câncer de próstata.

O Inca, por exemplo, produziu o vídeo “Saúde do homem – um alerta e ao mesmo tempo um convite para que o homem se cuide”. O material está sendo exibido pela rede de cinemas Kinoplex em todas as suas salas, em diferentes estados do País.

Leia Também:  Dado Dolabella se declara em aniversário de Wanessa Camargo: “Agradeço ao destino!”

O movimento Novembro Azul surgiu em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina.

Segundo mais comum entre os homens

Segundo o Inca, no Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, também é o segundo tipo mais comum. A incidência é menor nos países em desenvolvimento quando comparados aos desenvolvidos. Mais do que qualquer outro tipo, o câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade, já que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

A próstata

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e à frente do reto (parte final do intestino grosso).

É um órgão pequeno, com formato de maçã, que envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual.

Leia Também:  Carreira da educação básica será debatida

Câncer

O câncer de próstata evolui lentamente e, na maioria das vezes, os sintomas são percebidos quando a doença já está em estágio avançado, dificultando o tratamento. Os principais sintomas são a diminuição do jato de urina e um aumento da frequência urinária. Também pode ser observada alguma dificuldade ao urinar.

Como formas de prevenir a manifestação da doença pode-se destacar a ingestão de alimentação saudável, rica em verduras, vitaminas e cereais, evitando-se gorduras de origem animal e o consumo excessivo de carne. Outros hábitos saudáveis colaboram para a prevenção, como não fumar, beber moderadamente e realizar atividades físicas.

Urologista

A partir dos 50 anos, recomenda-se que o homem procure o urologista anualmente para realizar os exames. Já os pacientes com histórico familiar da doença devem procurar o médico a partir dos 45 anos. Estima-se que homens com parentes próximos que tiveram esse tipo de câncer antes dos 60 anos têm, em média, 3 a 10 vezes mais riscos de desenvolver essa neoplasia.

Fonte: Assembléia Legislativa de MG

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA