2 milhões

Alex Mochila participa de reunião com Lafayette Andrada em busca de investimentos para Alpinópolis

Publicados

em

Na última sexta-feira (04/11) o vereador Alex Cavalcante Mochila (PSDB) esteve em Belo Horizonte com o deputado federal Lafayette Andrada (REPUBLICANOS) em busca de investimentos para Alpinópolis. 

Em pauta, Mochila apresentou a Andrada uma solicitação de R$500.000,00 mil reais para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE),  R$500.000,00 mil reais para o Movimento Pró-Asfalto,  R$500.000,00 mil reais para Saúde Pública, R$300.000,00 mil reais para custeio em Esporte e Turismo e R$ 200.000,00 mil reais para o Lar São Vicente de Paulo.

“Apresentamos ao Lafayette algumas demandas locais e sabemos que a curto prazo existem barreiras para serem superadas. Ele mostrou-se muito sensível a demanda da APAE e devemos começar a nossa articulação por esse caminho.” Destacou o vereador Alex Mochila! 

Em vídeo, Lafayette confirmou uma visita em Alpinópolis para avaliar quais as demandas que poderão ser inseridas nesse pool. A reunião foi promovida pelo vereador da cidade de Campanha e articulador político, Guilherme Serrano. Lafayette já ocupou cargo de vereador em Lavras, Barbacena e Juiz de Fora, foi deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa pelo PSDB, eleito para seu segundo mandato de federal está cogitado para assumir a CCJ, Comissão de Constituição e Justiça. 

Leia Também:  após viagem para Dubai, Virgínia Fonseca está de volta ao Brasil: “Ficou um mês fora!”

Alex Mochila foi assessor parlamentar de Andrada em 2018.

 

clique no link e conheça a biografia de Lafayette Andrada

https://www.camara.leg.br/deputados/98057/biografia

 

Conheça os ANDRADAS

Os 69 mil votos dados pelos eleitores mineiros ao deputado Lafayette Andrada (Republicanos-MG) mantiveram acesa uma tradição de dois séculos. Desde antes da declaração da independência do Brasil, há exatos 200 anos, um representante da Família Andrada ocupa uma cadeira no Parlamento brasileiro. De pai para filho, a família mais longeva do Congresso está em seu décimo-sexto nome na Câmara e já prepara sucessores.

Para Lafayette, os sucessivos mandatos dos Andrada representam um reconhecimento ao trabalho da família e reforçam a responsabilidade das novas gerações, herdeiras dos irmãos José Bonifácio de Andrada, Martim Francisco e Antônio Carlos de Andrada, personagens centrais da política brasileira no Império. Conselheiro de Dom Pedro I, José Bonifácio entrou para os livros de história como o “Patriarca da Independência” e foi tutor de Dom Pedro II.

Os Andrada desembarcaram no Congresso Nacional antes mesmo de ele existir, ainda nas Cortes Portuguesas, em 1821, e não deixaram mais o Parlamento. Desde então, ficaram fora do Legislativo uma única vez, na elaboração da primeira Constituição da República. De 1894 para cá, no entanto, não houve uma única legislatura sem a presença de um integrante da família no Congresso.

Além de 16 deputados e senadores, o clã fez quatro presidentes da Câmara, oito ministros de Estado e dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), além de governadores, prefeitos, deputados estaduais e vereadores.

Lafayette Andrada protocola pedido de 500 mil reais para APAE. Ao fundo sua assessora Sara Neiva e o vereador e articulador político, Guilherme Serrano.

 

Leia Também:  Primeira pessoa vacinada contra COVID-19 em Passos

Siga as redes sociais dos personagens dessa reportagem;

https://www.instagram.com/lafayetteandrada/

https://www.instagram.com/alexcavalcante_mochila/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

Mesa Diretora economiza e garante devolução milionária para prefeitura de Alpinópolis

Publicados

em

Na manhã dessa sexta-feira (30/12) o presidente da Câmara Municipal de Alpinópolis, Alex Cavalcante Gonçalves, o popular Alex Mochila (PSDB), assinou e repassou para a prefeitura o cheque de R$535.648,09 (quinhentos e trinta e cinco mil, seiscentos e quarenta e oito reais e nove centavos) referentes as sobras do duodécimo de 2022. Vale ressaltar que essa bagatela soma-se a antecipação de R$90.000,00 (noventa mil reais) efetuada em meados do corrente ano, totalizando um repasse final de R$ 625.648,09 (seiscentos e vinte e cinco mil, seiscentos e quarenta e oito reais e nove centavos. No geral a mesa diretora (2022) executou todas as atividades da câmara com apenas cerca de 65% do seu orçamento.  

“Sempre trabalhamos pensando no povo. O povo é o nosso patrão. Cada centavo de economia agora vai servir para o município investir nas instituições, na realização de cirurgias eletivas, na melhoria de estradas, na realização de eventos, no transporte gratuito de pacientes para tratamento em outras cidades, para o fomento do esporte e do turismo e até mesmo para pagar salários de servidores públicos e investir na segurança pública. O sucesso é de todos!” Afirmou Alex Mochila.

Leia Também:  GTO - MO começa os ensaios para a encenação da Paixão de Cristo. "PAI NOSSO" em Tupi vai ser uma das novidades dessa temporada.

Entenda mais sobre o duodécimo

O duodécimo corresponde aos repasses mensais realizados pelo Poder Executivo à Câmara Municipal para realização das despesas aprovadas em seu Orçamento. Esses repasses de valores do Executivo ao Legislativo devem observar a nova redação do art. 168 da Constituição Federal, dada pela Emenda Constitucional 45/2004 e os incisos e parágrafos do art. 29A. Isso porque o texto constitucional passou a consignar a expressão “duodécimos”, conduzindo a uma fração proporcional e constante a ser repassada mensalmente à Câmara Municipal, até o dia 20 de cada mês.

Os vereadores alpinopolenses aprovaram para o exercício de 2022 aproximadamente 1,8 milhões de reais, que representa cerca de 3,5% do orçamento da prefeitura. Mesmo as fivelas apertadas a mesa diretora conseguiu trabalhar de forma honesta, transparente e responsável e pela primeira vez na história a Câmara atuou sensitivamente pensando no bem estar do povo e não atendendo a anseios de grupo político.

“Outro fator determinante dessa legislatura foi a liberdade que os colegas de mesa nos deram para execução dos trabalhos. Nesses dois anos trabalhei com advogados e assessores da minha confiança e não troquei a cadeira de presidente para atender “pedidinhos” de grupo político. Também tive o privilégio de conhecer o trabalho dos servidores e compreender a importância individual de cada um deles, criamos uma família!”. Concluiu Alex Mochila.

Leia Também:  Governo federal diz que leilão de duplicação da BR-381 será em dezembro

Somadas as devoluções de 2021 e 2022 ultrapassam a bagatela de R$1.000.000,00 (hum milhão de reais).

 

A mesa diretora era composta pelos seguintes vereadores;

Da esquerda pra direita/ Quinca do Tião Roberto, joice Santos, Alex Mochila e Maysa do Feijãoziho

 

Presidente – Alex  Mochila (PSDB)

Vice-presidente – Joice Santos (PSD)

1ª  Secretária – Maísa do Feijãozinho (PSD)

2º Secretário – Quinca do Tião Roberto – (PTB)

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA