SEMANA SANTA

Supermercadistas comemoram reabertura e aguardam boas vendas

Publicados

em

Empresários do setor de alimentos em Passos comemoraram a liberação dos comércios – supermercados, açougues e padarias  –  para o atendimento  normal neste final de Semana Santa  quando se celebra a Paixão de Cristo e o Domingo de Páscoa. Havia uma grande preocupação por parte da classe em não poder atender os clientes e,  com isso, ficar com o estoque de produtos parado como peixes e ovos de chocolate. Com o novo decreto lançado pelo prefeito Diego Oliveira, ficou permitido o funcionamento normal dos estabelecimentos e a expectativa dos empresários é de boas vendas.

Na  segunda-feira (29/03),  os empresários do segmento alimentício em Passos  foram pegos de surpresa por decreto lançado pelo prefeito de Passos, que aumentou as medidas restritivas em relação ao funcionamento dos comércios e serviços. Conforme o documento, estabelecimentos deveriam suspender o atendimento presencial entre os dias  31 de março e 3 de abril, ficando liberados somente ao atendimento no delivery. A medida causou surpresa, tanto na população como nos próprios empresários,  e provocou no dia posterior uma verdadeira corrida dos passenses aos supermercados.

O que se viu foram  grandes filas nas portas dos supermercados e aglomeração, tudo o que o decreto pretendia evitar. Os consumidores se mostraram preocupados com o desabastecimento de produtos e alimentos no final de semana.  Por parte dos empresários, a medida causou ‘saia justa’ entre o grupo e  o chefe do Executivo Passense, já que eles tentaram alertar o prefeito após o decreto de que eles não tinham a estrutura adequada para atender os consumidores no delivery, porém Diego  teria se mostrado irredutível.

Leia Também:  PM APREENDE ARMAS NA ZONA RURAL

Os empresários se uniram e entraram então com uma ação na Justiça na tentativa de derrubar o decreto que suspendia o atendimento presencial, porém essa ação nem chegou a ser apreciada pelo Ministério Público porque menos de 24 horas depois que o decreto 222 começou a valer, o prefeito voltou atrás na decisão. Segundo nota emitida pela assessoria da prefeitura,   consumidores de vários bairros sinalizaram que não estavam conseguindo realizar suas compras no formato online e temiam a falta dos produtos de primeira necessidade.

Ouvido pela reportagem do GMAIS.TV, o empresário Jerônimo Pereira Machado disse que tentou atender os clientes pelo delivery, mas não conseguiu alcançar nem 5% dos atendimentos que costuma realizar presencialmente. “Na minha opinião ele agiu certo em rever esse decreto porque a decisão beneficiou a todos,   a população e os  empresários”, destacou Jerônimo.

O gerente de um hipermercado localizado na rodovia MG-050  também defendeu que  a atitude de Diego de voltar atrás na decisão foi acertada. “Não tenho dúvida disto. Não só a população agradece como também os empresários. Graças a Deus correu tudo bem, os consumidores voltaram a fazer suas compras. Estamos tomando os cuidados necessários, adotando todas as medidas preventivas  como o uso da máscara, álcool gel, mantendo o distanciamento e   controlando o acesso dos consumidores ao supermercado”, garantiu.

Leia Também:  PREFEITURA APRESENTA AÇÕES REALIZADAS NOS ÚLTIMOS ANOS

Já Evando Carlos da Silva, gerente de um supermercado no bairro Muarama, comentou que o estabelecimento nem tentou o delivery porque sabia que estruturar esse tipo de venda exige treinamento de funcionários e toda uma logística especial,  não havia condições nem tempo hábil para isso. “Nós atendemos diariamente 1200 clientes  e conseguimos fazer em média 100 entregas à domicílio. Por esse motivo não aderimos o sistema de delivery, porque não conseguiríamos atender a todos”, afirmou.

Quanto às expectativas sobre as vendas, os empresários disseram que são boas, mesmo com todas as limitações e impactos econômicos provocados pela pandemia de Covid-19. Conforme eles, os  supermercados vêm registrando  boa saída dos produtos de consumo nestas datas como, por exemplo,  os peixes  do tipo bacalhau, cação, tilápia e  merluza. Do mesmo modo, espera-se liquidar os estoques dos tradicionais ovos de chocolate até  domingo, quando se comemora a Páscoa.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Filipe Carielo tem aprovação de 80% em enquete realizada pelo GMAIS

Publicados

em

O Canal Gmais.Tv publicou uma enquete para avaliar o primeiro quadrimestre da gestão do atual prefeito de Carmo do Rio Claro, Felipe Cariello (PSD) . Ao todo 371 votantes avaliaram a forma com que o prefeito está cuidando da cidade e das pessoas.  De acordo com as normas da plataforma cada dispositivo poderia votar apenas uma vez.

Nesse sentido o canal justifica que a enquete não tem função científica considerando que, uma mesma pessoa pode ter até aparelhos  2 celulares, ou 1 celular e 1 computador. Dessa forma contabiliza-se o número de dispositivos e não de pessoas, porém pode-se ter um norte da avaliação popular em julgamento.

No fechamento da enquete, que ficou no ar por 24 horas no dia 10 de abril de 2021 tivemos a seguinte conclusão.

Dos 371 dispositivos que votaram 58,22% disseram que o mandato de Cariello está Excelente, totalizando 216 votos. 70 votos, ou seja, 18,88% dos participantes avaliaram o gestor como Ótimo e 14 votos disseram que Felipe é bom administrador, ou seja, 3,77% dos participantes.

Leia Também:  Duas pessoas morrem em acidente entre Alpinópolis e Passos

Na contramão dessa avaliação estão aqueles que avaliariam Felipe Cariello como Péssimo ou Ruim gestor público. Foram 50 votos , 13,48% e 21 votos , 5,66% respectivamente.

O Gmais já havia avaliado os prefeitos de São José da Barra e Alpinópolis. Navegue em nosso canal e veja muito mais!

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ALPINÓPOLIS E REGIÃO

MINAS GERAIS

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA